Diversos

Após morte de bebê, internautas pedem mudança no batismo de crianças

Para a igreja católica, o batismo é um sacramento que deve ser seguido por todos os que desejam fazer parte do corpo da igreja. Então, é uma tradição que aconteçam os batismos de bebês ainda com poucos dias de vida.

A igreja ortodoxa, por exemplo, possui a cultura de mergulhar o bebê por três vezes dentro da bacia de água benta.

Mas, infelizmente, essa tradição acabou levando um bebê a óbito.

Bebê faleceu após batismo

O caso aconteceu na Romênia, no último dia 2, e deixou muitas pessoas chocadas. O bebê tinha apenas seis semanas de vida e foi submetido ao batismo na companhia dos pais.

Após a cerimônia, o bebê já começou a apresentar sintomas de que algo estaria errado e os pais o levaram imediatamente até o hospital.

O bebê havia sofrido uma parada cardíaca e mesmo recebendo os cuidados, ele faleceu apenas algumas horas após seu batizado.

A autopsia que foi realizada na criança constatou que havia um líquido dentro de seus pulmões.

A promotoria de justiça abriu um processo de homicídio culposo, quando não há a intenção de matar, contra o padre da cidade que realizou o batismo.

Ele sofreu uma parada cardíaca

A morte deste bebê levantou mais uma vez o questionamento sobre o método que é utilizado para a realização dos batismos na igreja ortodoxa.

Para que esse ritual seja alterado, as pessoas abriram uma petição na internet que já possui mais de 56 mil assinaturas apenas na noite do dia 4 de fevereiro.

Alguns internautas manifestaram seus pensamentos e alguns consideraram a forma de batismo como cruel e antiquada.

Na Romênia, os batismos são muito tradicionais e são considerados a festas de casamento que reúnem uma pequena multidão.

COMENTÁRIOS:
LER MATERIA COMPLETA...

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Share via

INSTALE NOSSO APP!!

INSTALAR
×

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios
Send this to a friend