NoticiasHistórias

Passageiros de ônibus se recusam a ceder espaço para cadeirante e motorista dá uma lição

O francês François Le Berre sofre de EM, uma doença neurológica que ataca o sistema nervoso central. A dor severa o deixou em cadeira de rodas, mas ele está fazendo o seu melhor para se adaptar a uma nova vida em Paris.

Um dia, quando Francois estava entrando no ônibus, surgiu um “cenário de pesadelo” para qualquer pessoa afetada por uma deficiência.

Os passageiros do ônibus se recusaram a abrir espaço para ele, o que significa que François não podia embarcar com sua cadeira de rodas e, portanto, não podia fazer sua viagem.

Passageiros de onibus se recusam a ceder espaco para cadeirante Passageiros de ônibus se recusam a ceder espaço para cadeirante e motorista dá uma lição
Facebook / Francois Le Berre

Reação do motorista de ônibus

Felizmente, o motorista do ônibus não tinha a mesma mentalidade de seus passageiros. Ao notar que Francois não conseguia entrar no ônibus devido a passageiros ignorantes, ele ficou furioso.

“Todos para fora ”, foi o que ele gritou, de acordo com o post no Facebook de Francois sobre o incidente.

O motorista então esperou que todos descessem do ônibus para que Francois pudesse embarcar. Foi uma lição sobre ser atencioso com os outros menos afortunados.

O motorista ordenou que os passageiros “esperassem pelo próximo ônibus”, de acordo com o post de Francois. E então continuou em seu caminho.

1550502004 320 Passageiros de onibus se recusam a ceder espaco para cadeirante Passageiros de ônibus se recusam a ceder espaço para cadeirante e motorista dá uma lição

Motorista punido

Vários meios de comunicação souberam das notícias logo após o post de Francois começar a circular. O motorista do ônibus acabou em maus lençóis. Como violou as regras durante o serviço ele seria punido.

A Regie Autonome des Transports Parisiens,  que administra os transportes públicos em Paris, descobriu a história e rastrou quem era o motorista. No final, porém, decidiram não puni-lo, pois sentiam que ele havia feito algo moralmente correto. Que bom!

Às vezes, aqueles mais egoístas precisam de um lembrete sobre como tratar os outros. 

Na minha opinião, o mundo precisa de mais pessoas como este motorista de ônibus – corajoso o suficiente para defender alguém necessitado. 

Por favor, compartilhe este artigo para inspirar os outros a se comportarem da mesma forma. 

COMENTÁRIOS:
LER MATERIA COMPLENTA

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Share via
Send this to a friend