Histórias

O relato de uma mãe que vendeu seus cabelos para alimentar os filhos

Prema Selvam é uma indiana, mãe de 3 filhos pequenos e com muitas dificuldades financeiras. O ponto alto da sua dificuldade foi o dia em que ela precisou vender seus cabelos por 150 rúpias (equivalente a R$ 10) para conseguir comprar algum alimento para os filhos. Porém, depois de vender o cabelo, ela não teria mais nada a fazer para trazer alimento outra vez.

Desesperança completa

A jovem mãe ficou viúva depois que seu marido não aguentou a pressão de um negócio mal sucedido e tirou a própria vida, deixando a esposa sozinha com as crianças e cheia de dívidas.

Mesmo sabendo que os filhos precisavam dela mais do que nunca, Prema pensou em fazer o mesmo que o marido, pois estava se sentindo destruída pela situação na qual se encontrava, tendo que lidar com o luto do marido, a fome dos filhos e os problemas financeiros intermináveis.

Antes do falecimento do marido, a vida deles era bem diferente. Ambos trabalhavam em uma olaria no estado indiano de Tamil Nadu, no sul da Índia. Ganhavam o suficiente para manter o sustento da família.

Mas o marido de Prema tinha um espírito empreendedor. Ele desejava começar o próprio negócio no mesmo ramo em que já trabalhava e conhecia. Então, pegou um empréstimo e deu início ao plano. Porém, as coisas não ocorreram como ele planejava e o negócio fracassou.

Em um momento de desespero por não conseguir pagar as dívidas que foram se acumulando, o homem cometeu suicídio.

Uma jovem mãe batalhadora

O relato de uma mãe que vendeu seus cabelos para alimentar os filhos
Crédito: Reprodução BBC

Prema precisou ser muito forte naquele momento. Ela sabia que não poderia cair em desespero, pois 3 vidas dependiam das atitudes dela para comer, vestir e ter onde morar. Ela continuou trabalhando e levava dois de seus filhos junto para o trabalho.

Em entrevista à BBC, Prema explicou que ganhava 200 rúpias por dia (cerca de R$ 13), e que isso era o bastante para administrar a família.

Mas as coisas ainda iriam piorar. Prema ficou doente, com febre, e assim não tinha como ir trabalhar. Se não fosse, não receberia. A doença de Prema se estendeu por 3 longos meses, e nesse tempo suas contas ficaram por pagar e a despensa ficou completamente vazia.

“Meu filho de sete anos, Kaliyappan, voltou da escola e pediu comida”, lembra ela. “Então ele começou a chorar devido à fome.” Esse certamente é um dos momentos de maior dor que uma mãe pode passar.

A última saída

O relato de uma mãe que vendeu seus cabelos para alimentar os filhos
Crédito: Reprodução BBC

Ela realmente estava sem saída, pois não tinha nenhum bem de valor que pudesse vender. Só o que tinha eram alguns baldes de plástico. Então, depois de pensar muito, ela teve uma ideia: “Lembrei-me de uma loja que costumava comprar cabelo. Fui até lá e vendi toda a minha cabeça por 150 rúpias”.

Com o dinheiro, que pode parecer pouco, Prema fez o melhor que pôde: “Consegui três pacotes de arroz cozido, cada um custando 20 rúpias, para meus três filhos”, diz ela.

Mas aquela foi uma solução só para um dia. Agora, nem mais o cabelo ela tinha para oferecer. A jovem mãe começou a se desesperar e a pensar em suicídio. Ela foi a uma loja na intenção de comprar veneno para acabar com a própria vida. O vendedor percebeu o estado em que ela estava e se recusou a vender.

Mesmo assim, Prema só conseguia enxergar essa solução para os seus problemas. Foi quando sua irmã, que mora no mesmo bairro, chegou a tempo de impedi-la. Aquele foi o sinal de que Prema precisava.

Uma luz no fim do túnel

O relato de uma mãe que vendeu seus cabelos para alimentar os filhos
Crédito: Reprodução BBC

Alguns dias depois de se acalmar e não querer mais morrer, Prema teve uma grande surpresa. A história da jovem mãe viúva já estava sendo falada pelos conhecidos. Então, chegou até os ouvidos de Bala Murugan, um homem que sabia muito bem o que a miséria pode fazer com uma pessoa.

Ele passou por situação semelhante com sua mãe quando tinha 10 anos de idade. Ela já havia vendido tudo o que eles tinham e pensou que a solução seria tirar a vida de todos para que parassem de sofrer. Mas, no último momento, a vida deles foi salva com ajuda médica.

Bala conseguiu uma vida bem melhor do que aquela que tinha na infância. Ele batalhou muito e agora é proprietário de uma empresa de computação gráfica.

Ele foi até Prema, contou sua história e a encorajou a não desistir, pois tudo iria ficar bem. Junto com um amigo, eles deram dinheiro à família para que pudessem comer. Ele estava emocionado por estar revivendo uma situação que o marcou muito na infância. Mas, agora, ele estava do outro lado: era a solução.

Bala começou a arrecadar dinheiro para a família de Prema através das redes sociais, espalhando a história da família.

Quando ele conseguiu juntar 120 mil rúpias, entregou à Prema e ela ficou extremamente feliz, pois aquele dinheiro daria para pagar a maior parte do empréstimo que tinha. Mas, logo ela pediu que o bom homem parasse de pedir arrecadações. Ela achava que deveria apenas voltar a trabalhar e seguir em frente por conta própria.

Prema ficou de pagar cerca de 700 rúpias por mês para diferentes credores, enquanto as autoridades do distrito prometeram ajudá-la a montar uma concessionária que vende leite.

“Agora percebo que o suicídio foi a decisão errada. Estou confiante em pagar o restante do empréstimo.”

A família de Prema continua tendo o apoio do amigo Bala, e lentamente a jovem mãe está cada vez mais perto de dar a volta por cima e ter uma vida digna, embora ainda na linha da pobreza, como é o caso de milhões de famílias na Índia.

LER MATERIA COMPLETA...

Artigos relacionados

COMENTÁRIOS:
Botão Voltar ao topo
Share via

INSTALE NOSSO APLICATIVO!!

INSTALAR
×
Send this to a friend